Faça parte de nosso marketplace! Cadastre-se aqui.
Bardana Chá Puro 100% Folhas Kampo de Ervas 6 und 30 g cada
  • Bardana Chá Puro 100% Folhas Kampo de Ervas 6 und 30 g cada

    Cód.: VZ2368K6   |   Vendido por:  A Botica Orgânica
    Varejo

    R$ 46,17

    ou até 2x de R$ 23,09 (sem juros)
    Ver parcelas

    Descrição do produto

    Bardana Chá

     

    Indicações e Ações Farmacológicas: A Bardana possui ação diurética, sendo utilizada em estados onde se quer um aumento da diurese: afecções genitourinárias (cistite, uretrite e nefrite); hiperucemia; gota, auxiliando na eliminação do ácido úrico; hipertensão arterial, sendo a inulina e os sais de potássio (carbonato e nitrato) os responsáveis por este efeito; é colerética, aumentando as secreções biliar e hepática, efeito este causado pelos ácidos fenólicos; é utilizada em tratamentos dermatológicos como: psoríase, dematite seborreica, acne, eczemas, por possuir um princípio antibiótico natural eficiente sobre bactérias Gram positivas, como o estafilococos e o estreptococos; é cicatrizante e adstringente, sendo este efeito determinado pelos taninos; possui ação estimuladora do couro cabeludo.

     

    Toxicidade/Contra-indicações: O uso de diuréticos em hipertensão arterial só deve ser feito sob prescrição médica, já que o aparecimento de uma descompensação tensional pode ser possível devido à eliminação de potássio, podendo ocorrer uma potenciação do efeito dos cardiotônicos. Não é recomendado o uso interno para crianças.

     

    Nome Popular: Gobô, Orelha de gigante, Bardana, Bardana maior, Gobô japonês, no Brasil; Erva dos tinhosos, Pegamaço, em Portugal; Lampazo mayor, Lampazo, em língua espanhola; Burdock, Beggar´s Buttons, Burr Seed, Clotbur, Cockle Buttons, Cocklebur, Fox´s Clote, Great Burr, Happy Major, Love Leaves, Philanthropium e Hardock, em inglês.

     

    Parte Utilizada: Folhas frescas, raízes e sementes.

     

    Princípios Ativos: Na Bardana há uma abundância de Inulina (30-50% nas raízes); Poliacetilenos (ácido arético, arctinona, arctinol, arctinal); Lactonas sesquiterpênicas; Ácidos fenólicos (ácido cafeico, ácido clorogênico, ácido isoclorogênico e derivados do ácido cafeico: arctiína); Fitoesteróis: beta-sitosterol e estigmasterol; Compostos insaturados: polienos; Taninos; Mucilagens; Carbonato e Nitrato de potássio; Composto antibiótico (semelhante à penicilina); Fenilacetaldeído, Benzaldeído, Metoxi e Metilpirazinas.

     

    Uso Externo: 

    - Decocção, aplicada sob a forma de colutórios, banhos ou compressas.

     

    Uso Fitocosmético: 

    - Em shampoos, tônicos capilares, cremes e loções impuras e oleosas 1-3% de extrato glicólico ou decocto.

     

    Curiosidades: Nativa da Europa e da América do norte, a bardana é usada desde a antiguidade para problemas dermatológicos, sendo famosa pela cura do rei Henrique III da França. É usada desde a antiguidade como “depurativo do sangue” no tratamento de sífilis. Seu nome provém do grego arktos (veludo) e lappa (agarrar), pois os frutos agarram no veludo.

     

    Fonte Oficina de Ervas

    Perguntas

    Pergunte ao vendedor

    Você precisa estar logado para fazer perguntas. Clique aqui para entrar ou fazer um cadastro